Como o seu delivery pode ser encontrado em Curitiba?

A pandemia trouxe consequências em todos os grupos da nossa sociedade, afetando quem trabalha com comidaprodutos para pets e até mesmo o mercado da moda pois com o cancelamento de eventos aguardados, a “remarcação” de aniversários, casamentos e o fechamento temporário de lojas e shoppings, as vendas  acabaram prejudicadas.

Se as pessoas não saem de casa a todo momento, é hora de fazer seu produto chegar até quem compra.

Para tentar manter a renda das empresas,o Entrega Curitiba separou algumas alternativas para quem trabalha com vestuário poder oferecer serviços de casa.

Desenhe um serviço de entregas
Evite usar aplicativos que encarecem tudo para quem vai comprar. Lembre-se de que muita gente está segurando o dinheiro por diversos motivos, então quanto mais barato for seu produto, melhoram as chances de saída. Entregar na localidade é uma excelente alternativa pois a entrega pode ser feita por você mesmo ou um funcionário. O importante é que a pessoa que estiver fazendo a entrega fique o menor tempo possível nas ruas. Delimite onde você quer e pode entrega

Tenha o seu negócio no Entrega Curitiba
Agora que você já criou uma rotina de entrega, faça o cadastro gratuito no Entrega Curitiba. Coloque fotos atraentes, faça um texto bem curto para explicar quais produtos você trabalha, explique se é confecção própria ou revenda e deixa os contatos mais fáceis. É muito simples.

Crie estratégias em redes sociais
Instagram, Facebook… o mundo virtual é excelente para divulgar. Tenha todas as redes sociais possíveis ao seu alcance e poste fotos todos os dias.

Se o seu negócio é gastronomia, faça fotos reais de seus produtos bem detalhadas, explicando cada ingrediente. Fotos de roupas, se possível, com alguém vestindo para o comprador poderá verificar como vai ficar a roupa –  com o link do Entrega Curitiba. A pessoa não tem como ir provar, portanto quando mais específica for a descrição e as imagens, melhor.

Use marcações (as hashtags) e mande as postagens para amigos, contatos e grupos de Facebook.

Se você vende camisetas, por exemplo, pode usar marcações como:
#camisas, #modacasual, #modamasculina, #roupasemcuritiba, #pedidosderoupasemcuritiba e por aí vai. Se você vender máscaras, pode usar #máscarasemcuritiba, #ondecomprarmáscarasemcuritiba, etc

Facilitar o pagamento
PicPay e maquininhas de cartões são as melhores alternativas. Pouca gente está usando dinheiro vivo uma vez que quase ninguém está indo aos bancos fazer saque – seja pelo risco de contaminação, seja pela facilidade de ter pagamentos online.  Se não tiver como e o pagamento for em dinheiro, facilite o troco sempre.

Que tal ter uma agência trabalhando para você?
Pois então, muita gente nem se arrisca em fazer estas estratégias justamente por não conhecer essas ferramentas online. Ter uma agência de comunicação pode ser uma boa opção para manter suas redes sociais ativas e vender mais. A KAKOI Comunicação é especialista nestes assuntos e pode te ajudar a desenhar uma estratégia bem bacana.

         

Desenvolvido pela KAKOI